segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

entre nós


entre nós
as palavras
e dentro de nós uma surdez,

entre nós
a densa negrura de muitas noites,
e uma chuva dentro de nós a encher-nos os pulmões,

entre nós
um único fôlego de pele a consumir,
e dentro de nós a clara chama que nos acende,

entre nós
a dúvida que cai dos lábios,
e nada dentro de nós que a dissipe,

entre nós
o eco dos teus dedos,
e dentro de mim apenas luz,

entre nós
eu estou aqui,
eu estou aqui como se estivesse dentro de nós.

Sem comentários:

Enviar um comentário